a
d

WE ARE BRUNN

bbbb

Let’s Work Together

Image Alt

Mapeamento e Topografia

Identificação de Falhas em Plantio Através com uso de VANT

Como Fazer Identificação de Falhas em Plantio Através de Drones

Uma forma prática de fazer identificação de falhas em plantio nas lavouras é pelo uso de drones. Quantificar esses erros é  de extrema importância uma vez que permitem verificar o quão uniforme está a germinação, calcular as perdas e por fim, estimar a produtividade. 

O uso de drones nesse processo é um grande facilitador, já que por meio das imagens captadas nos permite ter uma visão aérea de plantação que estamos avaliando e, com esse processo, mensurar a qualidade da operação realizada e verificar a necessidade de replantio. Esse é mais um fato que afeta a produtividade da área cultivada.

Metodologia de Identificação com Imagens de Satélites

Na maioria dos casos, a forma para a identificação de falhas em plantio em culturas é realizada manualmente, o que ocasiona erros consideráveis de estimativa e identificação. Existem até mesmo casos em que são utilizadas imagens de satélites para a realização dessas análises, no entanto, os resultados obtidos não são tão precisos e acabam apresentando grandes margens de erros. 

O grande problema da última técnica está na aplicação superestimada ou subestimada para a quantidade de produto necessário ao tratamento da planta que deve ser feito para uma boa qualidade do produto. Outro ponto que não favorece essa metodologia é a constatação de que existem limitações do seu uso quando falamos da respectivas resoluções (espacial, temporal e radiométrica). Soma-se ainda o alto custo de aquisição da imagem orbital, que acaba sendo muito oneroso ao pequeno produtor rural.

O uso dos VANTS na identificação de falhas em plantio

Com vantagens, comprovadas por diversos artigos, de ganhos significativos os VANT (Veículo Aéreo Não Tripulado, ou Drones como são popularmente chamados), surgem como a alternativa ideal uma vez que conseguem unir menor tempo de respostas, maior capacidade de mapeamento aéreo e assim, apresentar uma diminuição considerável dos custos para a obtenção de um modelo eficaz de identificação de falhas em linha de plantio, possibilitando assim que estes produtores possam rapidamente aplicar alguma correção e assim aumentar sua produção.

O uso de VANTs na agricultura objetiva a obtenção de imagens aéreas que possam auxiliar nas tomadas de decisão referentes às culturas. As imagens obtidas pelos drones podem ser analisadas e processadas em softwares especializados que possibilitam produzir produtos como ortomosaicos e modelos digitais de elevação de terreno.

Detalhes a serem Observados

Segundo a Conab, a produção de cana no Brasil deverá atingir 694 milhões de toneladas esse ano (2017), e a produção de grãos, entre eles o milho e a soja, pode chegar a 238,6 milhões de toneladas. Nesse contexto, o uso de geotecnologias para o mapeamento da variabilidade do campo está se tornando cada vez mais comum, especialmente o uso de sensoriamento remoto para diagnósticos mais rápidos e precisos.

Esta tecnologia pode ser aplicada em diversos outros tipos de lavouras como café, milho, soja entre outros.

 

Já é possível encontrar no Brasil empresas que desenvolveram sistemas únicos e aprimorados para a identificação de falhas em plantio, trazendo aperfeiçoamento dos softwares existentes para esta finalidade. O produto final é uma análise bem completa, com redução consideravelmente da margem de erro final, contribuindo no processo de correção das anomalias identificadas em campo.

Conheça as soluções que a AERO Engenharia pode oferecer para otimizar sua lavoura. Entre em contato com nossa equipe e solicite seu orçamento.

Open chat